A Medicina Ortomolecular feita da maneira certa!

segunda-feira, 16 de maio de 2016

Chás termogênicos ajudam a emagrecer. Saiba preparar e incluir na rotina


Um corpo enxuto, livre dos quilinhos extras que teimam em aparecer na silhueta, é um objetivo comum na vida das mulheres. No frio, é possível alcançar essa meta e, de quebra, ainda ficar bem quentinha. Como?  Bebendo os chás certos, que além de dar uma mãozinha na imunidade, também são potentes aliados na aceleração do metabolismo e no emagrecimento. 

“Para acelerar o metabolismo e favorecer o emagrecimento, um dos segredos é tomar chá diariamente. Ingerir as infusões é sim eficiente, contanto que sejam usadas na medida certa. Aliadas a uma alimentação correta eles podem ajudar bastante, mas atenção! O chá não faz efeito sozinho, e deve ser aliado a uma boa alimentação.

Três ervas são ótimas opções para o emagrecimento. A Citrus aurantium, conhecida como laranja amarga, que é uma fruta bem amarga, tem uma ação similar a efedrina e age estimulando a quebra de gordura. A Garcinia cambogia, que inibe a formação de gordura, e o chá verde, que aumenta o gasto de energia e a oxidação das gorduras.

Além das três, invista nas ervas de efeito termogênico, como o branco e vermelho (Camellia sinensis), fucus e hibisco. Para fazer efeito, o ideal é tomar, durante duas semanas, de 500 ml a um litro por dia, nos intervalos entre as refeições principais. 

A maneira de fazer a infusão é indispensável para o resultado. O jeito certo de preparo é ferver a água sem as ervas. Quando levantar fervura, desligue o fogo e acrescente as folhas, abafando com uma tampa por aproximadamente 10 minutos. Ao final, basta coar e servir ou, ainda, gelar nos dias mais quentes. Lembre-se de sempre tomar o preparado no dia. Se o gosto amargo não agradar, dá para associar com chás como o de camomila e erva doce. Mas o açúcar deve ser no máximo mascavo e em pouquíssima quantidade.

Apesar da mistura de mais de um chá para emagrecer ser interessante, não devem ser combinadas muitas ervas, pois podem entrar em conflito e atrapalhar o resultado. É preciso também tomar cuidado a ingestão demasiada de chá verde e da laranja amarga, que aumentam muito o batimento cardíaco. E depois da ingestão por duas semanas, modere na dose, pois prolongar esse tipo de hábito a longo prazo pode trazer efeitos adversos, como um prejuízo na absorção de diversos nutrientes pelo organismo. 


Fonte: Daqui Dali

Nenhum comentário:

Postar um comentário