A Medicina Ortomolecular feita da maneira certa!

sexta-feira, 6 de maio de 2016

8 alimentos que emagrecem


Manter o peso ideal é sempre uma árdua tarefa, e toda ajuda é bem-vinda. Por isso, hoje eu selecionei 8 alimentos que vão te ajudar a emagrecer! Confira:

Leite: O CÁLCIO tem, sim, uma conexão com a redução de peso, segundo um estudo da Universidade do Tennessee, nos Estados Unidos, feito com 32 obesos que seguiam dieta por três meses. Um grupo ingeriu até quatro porções de leite desnatado por dia e o outro cortou 500 calorias do cardápio. O primeiro teve melhor resultado: a perda foi de 8,5 quilos em média. O cálcio emite uma mensagem aos adipócitos para eles pararem de armazenar gordura e utilizá-la como fonte de energia. O ideal é consumir mil miligramas de cálcio por dia, ou seja, quatro copos de leite desnatado

Peixe: SARDINHA, salmão e atum ajudam a emagrecer. Um estudo da Seafood Plus, que contou com a participação de cientistas de 17 países, concluiu que acrescentar 150 gramas (ou duas postas) desses peixes à dieta, três vezes por semana, ao longo de dois meses, pode promover uma perda de até 4,5 quilos em mulheres. O alimento contém proteínas de alto valor biológico, que estimulam a saciedade, além de ácidos graxos essenciais, que potencializam a queima calórica e dificultam o acúmulo de gordura.

Nozes: AS OLEAGINOSAS, frutas conhecidas pelo alto teor de gordura monoinsaturada, entre outros benefícios, prolongam a saciedade – mais precisamente em uma hora e meia, segundo estudo da Universidade Purdue, nos Estados Unidos. Devido ao valor energético (656 calorias em 100 gramas), coma entre seis e sete unidades de nozes sem sal, por dia, distribuídas entre os intervalos das principais refeições.

Amaranto: O GRÃO dos Andes, usado como substituto do trigo ou misturado à sopa ou ao suco, é um bom aliado do emagrecimento: 1) um estudo publicado no The Journal of Nutritional Biochemistry, dos Estados Unidos, mostrou que o amaranto reduz a formação e o volume de gordura no abdome; 2) pesquisa do Centro Universitário Vila Velha, no Espírito Santo, verificou que 67% dos voluntários que consumiram cinco biscoitos feitos com farinha de amaranto sentiram menos fome à noite. A semente é rica em fibras e proteínas de qualidade, comparáveis às do leite e superiores às da soja e do feijão, e o ideal é consumir até 9 colheres (sopa) de amaranto por dia.

Grapefruit: A FRUTA oferece 94 calorias por unidade e uma bela dose de vitaminas do complexo B, que ajudam o organismo a aproveitar melhor os carboidratos como fonte de energia – quando isso não acontece, o excesso é armazenado em forma de gordura. Estudo publicado no Journal of Medical Food, dos Estados Unidos, com 100 pessoas, apontou uma redução de 1,6 quilo em três meses no grupo que consumiu grapefruit em vez de placebo. Recomenda-se consumir três unidades por dia, uma em cada refeição.

Azeitona: O ÔMEGA 3 é o destaque. Segundo estudo publicado na revista Diabetes Care, da Associação Americana de Diabetes, ele impede o acúmulo de gordura na região abdominal.“A substância auxilia no controle da liberação de insulina no sangue, o que evita os picos de açúcar e, consequentemente, a compulsão alimentar. Para atingir a recomendação diária de ômega 3 somente com azeitonas verdes, seriam necessárias 120 unidades. Como isso não é viável, a médica sugere substituí-las por 1 colher (sopa) de azeite extravirgem (90 calorias) e três azeitonas (15 calorias).

Feijão-branco: A PROTEÍNA faseolamina evita que 15% do carboidrato ingerido seja absorvido pelo organismo. Para isso, o feijão precisa ser transformado em farinha (triturado no processador e peneirado). A Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, ofereceu a farinha a obesos e, oito semanas depois, eles haviam perdido cerca de 1,7 quilo, e a taxa de triglicérides estava três vezes mais baixa. Copie: dilua 1 colher (café) da farinha em um copo de água e tome meia hora antes das refeições.

Pão: O CARBOIDRATO pode ajudar a emagrecer. Consumido com moderação, o pão aumenta os níveis de triptofano no cérebro, substância precursora da serotonina, que, por sua vez, controla a ansiedade e a compulsão. Fique com a versão integral, que, de acordo com cientistas da Universidade de Rhode Island, nos Estados Unidos, ajudou a emagrecer 180 adultos que estavam com sobrepeso em seis meses. O motivo é a grande quantidade de fibras, que confere maior saciedade e previne ataques de gula. Para perder peso, consuma três porções de carboidrato diárias, ou seja, no máximo seis fatias de pão de forma integral light (204 calorias).


Fonte: Cláudia

Nenhum comentário:

Postar um comentário