A Medicina Ortomolecular feita da maneira certa!

quarta-feira, 27 de abril de 2016

Farinha de maracujá emagrece e inibe absorção de gorduras


Feita a partir da casca do maracujá, esta farinha foi originariamente lançada no mercado com o objetivo de auxiliar no tratamento da diabetes, mas aos poucos ela mostrou que também impede o corpo de absorver toda a gordura consumida. a substância responsável é a pectina, encontrada em grande quantidade na casca branca da fruta.

A farinha de maracujá reduz a glicemia, devido à ação da fibra pectina. Além disso, diminui a absorção de carboidratos, o que previne a hiperglicemia. Hoje estudos mostram que a fibra presente atua também na diminuição da fome.

No estômago, a pectina forma um gel que não é digerido, provocando sensação de saciedade e levando a menor ingestão de alimentos na próxima refeição. Além disso, essa fibra ajuda a eliminar as toxinas do organismo, e contribui para a redução da absorção de gordura. Para obter bons resultados, é importante consumir pelo menos dois litros de água por dia. 

A ingestão diária ideal é de três colheres de sopa da farinha por dia, uma antes de cada refeição principal. Ela também pode ser misturada na comida, sucos e iogurtes. Além de possuir baixo índice calórico (uma colher de sopa de 10 g contém 47 kcal), a farinha de maracujá é fonte de vitaminas e minerais:

Niacina (vitamina B3): importante na produção de hormônios, melhora a ansiedade, ajuda no crescimento das crianças e protege as paredes do estômago.

Ferro: mineral importante e fundamental para o sangue, previne anemia.

Cálcio: mineral importante para o trabalho muscular que, além de prevenir a osteoporose, fortalece ossos e dentes.

Fósforo: fundamental para a saúde dos ossos, além de melhorar a memória, a oxigenação das células e a circulação.


Fonte: Bolsa de Mulher

Nenhum comentário:

Postar um comentário