A Medicina Ortomolecular feita da maneira certa!

segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Mamão para emagrecer


Sempre presente nos menus de emagrecimento, o mamão faz por merecer o status de amigo da balança e da saúde. Meia unidade da versão papaia possui apenas 55 calorias e muitos nutrientes benéficos ao organismo.

Além disso, a fruta diminui o risco de doenças coronárias, protege a pele e a visão, combate o mau colesterol e a prisão de ventre e melhora a digestão. E você pode aproveitar até as sementes, que são fonte de fibras. Experimente torrá-las no forno e salpicar sobre a salada.

Diurético e rico em fibras, o mamão facilita a eliminação das fezes e combate a barriga inchada. É bom também para ajudar no controle da diabetes e aliviar os sintomas da gastrite. Uma fatia de mamão picado com 1 potinho de iogurte natural é uma ótima opção para o lanche da manhã.


Fonte: Corpo a Corpo e Tua Saúde

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

Alimentos para o bom humor


Não é a toa que as mulheres, em TPM, desejam um sorvete ou uma barrinha de chocolate mais que tudo. A serotonina, hormônio do “bom humor”, é uma substância encontrada principalmente no açúcar e no amido dos carboidratos que se relaciona com seu bem-estar. A ingestão de pães, cereais, frutas e vegetais com amido como batata e milho podem nos fazer sentir mais relaxados, calmos. Já alimentos ricos em proteínas como queijo cottage, iogurte e soja têm o efeito reverso: ficamos mais alertas e energizados. Sendo assim, a combinação de certos alimentos pode intensificar uma característica em um determinado dia. Que tal investir nos alimentos que, além de saudáveis, te ajudam a melhorar o humor?

Alta carga de estresse
Para relaxar e aliviar as tensões, comece pelos carboidratos, como pães, frutas e vegetais com amido, como batata e milho. Esses alimentos aumentam a produção da serotonina, que o deixa mais calmo e relaxado. O chocolate (amargo) ajuda na redução dos hormônios responsáveis por "enlouquecer" você.

Mau humor
Cara fechada por muito tempo pode ser um sinal da falta de ômega 3 na dieta. Há também outros peixes, como atum, arenque e sardinha, que melhoram o ânimo porque aumentam os níveis de serotonina, dopamina e noradrenalina, responsáveis pela sensação de bem-estar e, claro, do bom humor.

Tristeza sem motivo
Ausência de vitamina D pode realmente deixá-lo para baixo. Um dos papéis desse nutriente é trabalhar na produção de serotonina, o neurotransmissor que o faz se sentir bem.


Fonte: Viva Saúde

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Aprenda a se livrar do refrigerante diet


Substituir um refrigerante convencional por sua versão dietética parece uma boa ideia, mas pesquisas mostraram que existe uma conexão entre os refrigerantes zero caloria e o ganho de peso, segundo relatou a revista norte-americana Shape. Além disso, muita gente acaba viciando na bebida.

O sabor adocicado e efervescente é bom, mas não faz bem ao organismo. Embora não tenha calorias ou açúcar, os refrigerantes dietéticos são repletos de produtos químicos, cafeína, adoçantes artificiais, sódio e ácido fosfórico. Por isso, a publicação listou cinco maneiras simples de deixar a dependência de lado. Confira:

Efervescência: substitua o refrigerante por outras bebidas carbonatadas, como água com gás misturada a sucos de fruta naturais. Adicionar fatias de frutas frescas à água com gás também a deixa saborizada sem adicionar calorias.

Ache um substituto para a cafeína: você perde a concentração no meio da tarde e está a fim de cafeína, por isso, seu instinto te leva direto para a máquina de refrigerantes. Ao invés de se jogar nos adoçantes artificiais, prefira outras opções energizantes, como chá verde, vitaminas de frutas etc.

Mude de atitude: é normal achar que trocar o refrigerante convencional pelo dietético vai economizar calorias no cardápio diário, mas também pode trazer problemas, pois pesquisadores da Purdue University descobriram que os consumidores de bebidas diet tendem a aumentar o consumo de calorias em outros alimentos como "compensação".

Se hidrate com água: embora não cause desidratação, quem bebe refrigerante tende a substituir a água pela bebida açucarada. Carregue uma garrafinha recarregável e beba água sempre que consumir outros tipos de líquido para se hidratar.

Não desista: mesmo que seja uma pessoa apaixonada por refrigerantes, não desista de sua saúde. Tente fazer substituições aos poucos e prepare-se para os sintomas da abstinência, que melhoram com o tempo.


Fonte: Terra Saúde

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Alimentos para afinar a cintura


Para manter a cinturinha mais fina, é essencial investir nos alimentos com ação desintoxicante (que eliminam as toxinas do organismo) e diuréticos (que acabam com o inchaço). Assim, você evita adquirir um volume a mais com a retenção de líquidos, ou pior, com o acúmulo de gordura. Veja a seguir a lista de alimentos para incluir na sua rotina:

Arroz integral
Contém fitoquímicos (orizanol e fitoesteróis) que tem o poder reduzir a absorção da gordura pelo organismo. Também é rico em fibras, que fazem a faxina do intestino.

Farelo de aveia
Tem betaglucanas, substâncias que estimulam o organismo a absorver menos a gordura vinda dos alimentos. Suas fibras melhoram o trânsito intestinal, contribuindo para limpar o intestino, além de prolongar a sensação de saciedade.

Alface
Carrega substâncias (clorofila + flavonoides) que, combinadas, contribuem para diminuir o excesso de líquido, o que faz desinchar.

Couve
Entre vários nutrientes importantes, tem alto teor de clorofila, substância que ajuda a limpar o organismo, especialmente o intestino. Esse nutriente ainda protege o fígado dos efeitos nocivos das bebidas alcoólicas.

Cenoura
A combinação de vitaminas desse legume estimula o metabolismo que costuma ficar mais lento depois de um processo de digestão difícil. Ainda carrega dois minerais, silício e potássio, que trabalham juntos na eliminação do excesso de líquido no organismo.

Abacaxi
A enzima bromelina presente na fruta facilita a digestão dos alimentos ricos em proteína (carne, peixe, frango). E suas fibras aumentam a saciedade.

Melancia
Carregada de fibras e água, desincha e limpa o organismo. Para oferecer um efeito diurético ainda mais eficiente, você pode bater a fruta com as sementes e coar o suco.

Kiwi
Rico em clorofila (e por isso que, mesmo madura, a fruta tem cor verde), limpa o organismo. Os minerais que ele carrega (cálcio, magnésio, potássio) diminuem o inchaço e as fibras estimulam o intestino.

Mel
Rico em frutose, equilibra o pH do sangue e os níveis de açúcar. E, como diminui o desejo de doce, no dia da dieta ajuda você a esquecer o pavê de chocolate que sobrou da festa.

Cavalinha e hibisco
Facilitam a digestão, desincham e têm efeito levemente laxante, especialmente o hibisco. A cavalinha ainda repõe potássio e silício, minerais importantes para a recuperação do organismo que trabalha em dobro quando você come mais do que o normal.

Camomila e melissa
Contêm substâncias (o flavonoide apigenina, na camomila, e óleos essenciais, na melissa) com efeito relaxante, proporcionando uma boa noite de sono.

Levedo de cerveja
Rico em vitaminas do complexo B e minerais (cálcio, cobre, cromo, magnésio, potássio, selênio, silício e zinco), diminui a absorção do açúcar. Além disso, facilita a recuperação do fígado, que fica especialmente sobrecarregado nos dias de comilança.


Fonte: M de Mulher

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Chás que auxiliam o seu emagrecimento


Parece receita da Vovó, mas, é a mais pura verdade. Uma simples xícara de chá proporciona a manutenção da saúde contra as agressões de diversas doenças, tonificam o organismo, auxiliam na digestão, protegem o fígado e o sistema endócrino. A maneira mais usual de preparação de chá é a infusão, pois conserva a maioria das propriedades químicas da planta. O chá não deve ultrapassar 1 litro por dia e ainda com restrições a algumas ervas, pois o efeito benéfico poderá ter efeito contrário.

Conheça alguns tipos de chás e seus efeitos no organismo:

Chá verde: é interessante quando tomado morno, após as principais refeições (almoço e jantar). Estudos mostram que sua utilização ajuda a emagrecer, pois acelera o metabolismo. É também coadjuvante quando se está fazendo tratamentos de gordura localizada e celulite.

Chá de hortelã, menta, camomila, orégano ou carqueja: devem ser tomados próximo às refeições, pois ajudam na digestão e nas doenças estomacais.

Chá de gengibre: aumenta a atividade celular e imunológica e é indicado para perda de peso. É também antibacteriano e fungicida.

Bom chá!

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Potencialize o seu lanche




Apesar de ter especial contribuição nas principais refeições, as proteínas podem estar também no seu lanche.

Se a busca for pela perda de peso, uma porção de proteína neste horário pode ser o que esteja faltando para as gordurinhas irem embora.

Tudo isso, porque as proteínas conseguem equilibras as taxas glicêmicas, oferecendo saciedade em um momento super importante: quando, na maioria das vezes, perdemos as contas e somamos ao nosso lanchinho ingredientes nada favoráveis à perda de peso.

Por isso, uma boa dica é colocar um polenguinho ou mesmo outro queijinho ou mesmo um iogurte light na sua bolsa para desfilar mais magrinha por aí.


Fonte: Revista Boa Forma

Foto: Divulgação Internet

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Hábitos simples para uma vida mais saudável




Apesar de muitas pessoas acharem que diminuir a ingestão de doces, controlar as comidas gordurosas e praticar atividades físicas, pelo menos, duas vezes na semana, não trazem grandes benefícios, pequenas mudanças na sua dieta, já fazem uma grande diferença!

Quer exemplos?

Beber 8 copos de água por dia, deixando os refrigerantes de fora, ajuda a hidratar o corpo, melhorando a velocidade com que o organismo queima as calorias.

Ingerir um caldinho antes das principais refeições controla a sua compulsão e diminui a sua ansiedade. Opte pelas opções mais leves, como o caldinho de legumes.

Além disso, um chá ao longo do dia também pode te ajudar! Opte pelas versões de Chá verde ou Branco se quiser ainda perder uns quilinhos.

Gostou? Bom verão!

Foto: Divulgação Internet

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

A gastrite te atacou? Conheça os alimentos proibidos


Se você tem Gastrite já deve ter sofrido com a queimação, cólica e o estufamento, certo?

Porém, apesar destes sintomas fazerem parte da vida das pessoas que sofrem com a doença, é possível afastar este mal com algumas atitudes simples.

Um exemplo é a sua alimentação!

Na hora de escolher o que comer, alguns alimentos devem ser evitados, para que o quadro clínico não se agrave, com a secreção de ácido gástrico, que certas comidas podem gerar.

Quer um exemplo?

- Corantes e conservantes. Opte sempre pelos produtos naturais, menos industrializados.

- Frituras e embutidos. Causa também irritação nas paredes do estômago.

- Cafeína. Além do café, tente diminuir a ingestão de chás pretos e refrigerantes à base de cola, que também são ricos no produto e que também é irritante gástrico.

Fonte: Portal Minha Vida


segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

Suas unhas estão frágeis? Você pode ter problemas de nutrição!




Que atire o primeiro esmalte quem nunca teve problemas de unhas que quebravam ou descamavam facilmente. O que muitas não sabem é que unhas fracas é sinal de deficiência de alguns nutrientes no organismo.

A unha é composta basicamente de queratina, uma proteína presente também nos cabelos. Para o nosso organismo produzir regularmente a queratina, é preciso se alimentar de proteínas. Se há alguma deficiência do nutriente no organismo, as unhas são as primeiras a sofrer.

As principais causas costumam ser a anemia ou dietas restritivas. É muito comum nos depararmos com pessoas que fazem dieta por conta própria e acabam apresentando deficiência de proteínas. Para saber se há falta de algum nutriente no seu organismo, a consulta com um nutricionista é essencial, pois ele vai avaliar seus hábitos alimentares e seu histórico familiar e, se necessário, solicitar alguns exames.

Algumas medidas simples garantem unhas mais fortes e bonitas. Ter uma boa alimentação, rica em vitaminas e sais minerais já é o suficiente para fortalecer as unhas. A biotina e as demais vitaminas do complexo B, assim como os aminoácidos, vitaminas C e E, auxiliam o corpo a produzir queratina e outras proteínas importantes para o desenvolvimento de unhas fortes. Por isso, para aumentar a absorção das vitaminas e minerais, é imprescindível ingerir vitamina C. Inclua frutos cítricos e legumes à sua alimentação. O uso de suplementos alimentares é possível, desde que recomendado pelo seu nutricionista, que vai indicar o mais indicado para o seu caso.

Para se alimentar bem e ingerir as vitaminas essenciais para o seu organismo, inclua na sua dieta os seguintes alimentos:

- Fontes de vitamina C: Laranja, pimentão amarelo, mamão e morango.
- Fontes de vitamina E: Vegetais de folhas verdes escuras, nozes, sementes e grãos integrais.
- Fontes de biotina: peixe de água salgada, gema cozida, levedura e grãos integrais.
- Fontes de vitaminas do Complexo B: ovo, carne, aves e leite.

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Com fama de light, comida japonesa pode ter calorias em excesso

A comida japonesa tem fama de levinha, certo? Porém, o principal tempero da culinária oriental, o Shoyo, possui um nutriente que pode te enganar!

Um dos nutrientes da composição do tempero atrapalha o funcionamento do hormônio que avisa quando já comemos demais e, por isso, o seu excesso, pode nos fazer consumir comida demais, o que estragaria os nossos planos de ter uma refeição mais magra.

Uma outra dica é o arroz usado em quase todos os pratos do cardápio! Para aquela consistência mais “colante”, o açúcar entra em cena e é misturado no cereal, aumentando drasticamente as calorias do prato.

Por isso, confira o que está comendo e equilibre a sua refeição!


Fonte: Revista Ana Maria

Foto: Divulgação Internet

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Os benefícios do pão integral


O pão integral é sempre recomendado para substituir o pão branco comum nas dietas. Vamos saber agora por que o pão integral é uma escolha melhor.

Hoje em dia é possível encontrar nos supermercados pães com até 14 grãos diferentes, entre eles a linhaça, quinua, aveia, centeio, cevada... Todos esses grãos possuem nutrientes que além de fazerem bem ao organismo (as fibras são essenciais para uma boa digestão) prolongam a sensação de saciedade.

No pão integral também encontramos as vitaminas do complexo B, que entre diversas funções, são ótimas para o bom funcionamento do cérebro. E são ricos em carboidratos, ou seja, a melhor opção para oferecer energia durante todo o dia. Por isso o ideal é consumi-lo pela manhã. Assim você terá tempo suficiente para “queimar” as calorias adquiridas, principalmente se aliar a boa alimentação à pratica de exercícios físicos. Neste caso, o consumo de pão integral é imprescindível na dieta.

E para quem pensa que comer pão engorda, consumi-lo na quantidade adequada não interfere na dieta (já que você vai gastar as calorias durante o dia). O que engorda geralmente são os acompanhamentos utilizados junto ao pão, como queijos, manteiga e frios. Estes sim devem ser evitados.

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Os males do refrigerante para o organismo



O refrigerante é uma bebida que paixão nacional, e algumas pessoas chegam a ser viciadas. Mas apesar do sabor, que pode até ser bom, o refrigerante passa longe da lista de alimentos saudáveis. Veja o por que:

Os refrigerantes possuem concentração altíssima de açúcar, que acaba enganando o organismo como “falso nutriente”. Mas todo esse açúcar se acumula em forma de gordura. Mas é só optar pelo refrigerante diet, certo? Errado. Os refrigerantes chamados zero possuem substâncias que imitam o açúcar e confundem o organismo, que pensa estar absorvendo glicose. Conclusão: você engorda do mesmo jeito.

As latinhas onde o refrigerante é armazenado são revestidas com uma substância chamada bisfenol, que quando ingerida pode causar disfunções hormonais que influenciam desde a obesidade até o surgimento de câncer.

A cafeína presente nos refrigerantes de cola e guaraná é o que causa o vício nas pessoas, e causa excitação e liberação de adrenalina, sobrecarregando o coração e aumentando a pressão arterial.

Para finalizar, os refrigerantes são formados quase 100% por substâncias químicas, entre aromatizantes, acidulantes e xaropes. Essas substâncias são capazes de corroer metais e ossos. Imaginem o que ela poderá fazer ao seu organismo a longo prazo.