A Medicina Ortomolecular feita da maneira certa!

segunda-feira, 30 de março de 2015

Conheça a Pílula da Beleza (Lifting Oral) para o rejuvenescimento



Qual mulher não deseja manter-se jovem por longos anos? É difícil conhecer alguém que não queira. Rejuvenescer é a palavra da vez e o mundo dos cosméticos não para de produzir verdadeiras fórmulas da juventude em forma de cremes, aparelhos estéticos, tratamentos injetáveis, entre outros. Mas algo tem chamado atenção e se tornado a queridinha das pessoas ávidas por um processo menos complexo: as pílulas de beleza. Elas estão fazendo sucesso e a cada dia surgem novas opções.  Uma das que fiquei mais entusiasmada e indico é a Exsynutriment, que proporciona um verdadeiro lifting, só que via oral, para promover o rejuvenescimento celular.


Esta pílula da beleza é manipulada com o ativo Exsynutriment, uma forma estabilizada de silício orgânico patenteada pela Exsymol, empresa de biotecnologia sediada em Mônaco. A cápsula é capaz de reestruturar as fibras de colágeno e elestina, deixando a pele mais firme por meio da reposição de silício orgânico Hidrassolúvel no organismo. Os benefícios são muitos e se espalham para o corpo todo, não apenas para a pele. Por falar nela, o Exsynutriment melhora o melhora o aspecto cutâneo, possui efeito lifting e antiaging, hidrata profundamente, proporciona firmeza e sustentação, além de ter ação redensitificadora, preenchedora de rugas e de cicatrização.

No quesito, cabelos, a pílula fortalece os fios, evita a queda, fornece maior resistência, estimula a reposição de fios mais saudáveis. Já nas unhas, evita unhas quebradiças, promove calcificação e uniformidade. Até o sistema nervoso é favorecido, pois a cápsula previne o envelhecimento progressivo do cérebro, melhora o fluxo sanguíneo cerebral, melhorando a performance cognitiva.

A pílula da beleza pode ser pode ser associado com outros ativos antiaging, como glycoxil, bio-artc e fostolipideos do caviar. Deve ser tomado uma vez ao dia 3 a 6 meses, associado a  outros ativos ou isolodamente com regulagem de doses. Sempre lembrando que todo o medicamento dever ser ministrado sob consulta médica.

sexta-feira, 27 de março de 2015

Controle a obesidade com o PinoSlim!


Os números do Ministério da Saúde não mentem: a obesidade tem sido um dos maiores problemas entre os brasileiros. E para combatê-la, a Medicina Ortomolecular é uma das opções para conquistar o emagrecimento com saúde.

A principal diferença dessa prática está em corrigir as carências e excessos de vitaminas e minerais no organismo, a fim de conter os radicais livres. Baseada na alimentação saudável, a dieta ortomolecular prioriza o consumo de alimentos integrais, frescos e funcionais, que além de nutrir o corpo, fortalecem o sistema imunológico.

Uma dieta balanceada aliada a produtos naturais ajuda a controlar o peso. E um dos elementos que tem auxiliado no controle da obesidade é o Pinus koraiensis, obtido a partir de um pinheiro coreano. O produto pode ser encontrado pelo nome de PinoSlim, um coadjuvante na perda de peso que auxilia na redução do apetite aumentando a sensação de saciedade por pelo menos 3 horas. Como qualquer medicação, o produto deve ser receitado pelo médico.

segunda-feira, 23 de março de 2015

Receita fit: tapioca rosa, excelente para o pré-treino


Sem glúten, sem sódio, mas rica em fibras e substâncias antioxidantes. A tapioca rosa, feita com beterraba, une dois ingredientes que são queridinhos de quem gosta de malhar. Feita com a fécula da mandioca, é livre de glúten e sódio, além de ser pouco calórica.

Entre os benefícios da tapioca, podemos citar que, por ser derivada da mandioca, não contém glúten em sua composição. Além disso, é uma fonte de carboidratos e, por isso, de energia. Já O consumo da beterraba está ligado a um melhor aproveitamento dos músculos por ser uma fonte de energia, além de aumentar a dilatação dos vasos sanguíneos, o que está ligado à melhora do fluxo de sangue e passagem de oxigênio. Por isso, a combinação é uma ótima fonte de energia pré-treino! Confira a seguir a receita de tapioca rosa, um alimento saudável, com mais fibras e substâncias antioxidantes para você apostar sem medo.

Ingredientes
500g de tapioca pronta, dessas de saquinho que se compra no mercado.
¼ de uma beterraba pequena

Modo de preparo

Como fazer usando a goma de tapioca
Cozinhe a beterraba e a amasse com o garfo. Misture a beterraba amassada à massa da tapioca pronta. Nesta etapa é preciso atenção, pois o ideal é que a tapioca não fique muito molhada por causa da beterraba. 

Como fazer usando o polvilho
Cozinhe uma beterraba e use a água parar hidratar o polvilho. Para 500g (doce ou azedo), adicione aos poucos, cerca de 100 ml de água do cozimento da beterraba. Atenção: adicione realmente aos poucos para não molhar demais. Depois de ser hidratada, passe a tapioca na peneira para que, ao colocar na frigideira, ela fique soltinha. Pronto. Use o recheio de sua preferência e deixe a sua tapioca saudável e deliciosa.  

Rende: 5 porções


Fonte: Boa Forma

sexta-feira, 20 de março de 2015

Benefícios do abacaxi no pré e pós treino


O abacaxi é excelente para a saúde e para muitas pessoas que praticam atividades físicas, pois possui benefícios que vão além do seu sabor e acidez. Confira quais são eles:

Fonte de açúcar natural, proteínas, vitaminas (A, complexo B, fosfato) e minerais (Magnésio, Cálcio, Potássio, Sódio e Ferro)

Além de ser uma fonte de energia e nutrientes muito boa pra atletas, o abacaxi contém uma enzima chamada bromelina (Protease) – uma potente enzima que assiste na quebra de proteína em aminoácido. Por isso bromelina é recomendada para esportistas depois do treino junto com uma porção de proteína, justamente para maximizar e acelerar a digestão e absorção de nutrientes para a recuperação muscular.
O Abacaxi é uma ótima comida medicinal para quem tem problemas de digestão: (hypocloridria), anemia, falta de memória, gases, congestão de rim, retenção de água, reumatismo, infecção de bexiga, respiratórios como infecção, resfriado, bronquite, pneumonia e asma.

Fonte: Onlinefit

quarta-feira, 18 de março de 2015

10 benefícios do cranberry para a saúde


Frutinha vermelha muito comum nos Estados Unidos, a cranberry vem fazendo muito sucesso também no Brasil. Por aqui, ela é chamada de oxicoco, e pode ser encontrada tanto em forma de suco industrializado, nos supermercados, como in natura, em algumas lojas de produtos naturais, e também desidratada.

Rica em propriedades funcionais, a fruta possui efeitos terapêuticos e é muito indicada no tratamento de infecção urinária. Estudos comprovam que ela apresenta compostos muito eficientes para prevenir contra a infecção urinária, que inibem a aderência das bactérias nas vias urinárias.

Todas as mulheres devem consumir um copo da bebida pela manhã para evitar o aparecimento do problema, que é mais comum entre o sexo feminino. Para as que já sofrem com problemas recorrentes do trato urinário, o melhor é bebam de dois a três copos todos os dias. Pouco calórica quando consumida sem açúcar, a cranberry é capaz de produzir a sensação de saciedade, contribuindo para o emagrecimento saudável. Além disso, a fruta é riquíssima em antioxidantes, que previnem contra doenças e retardam o envelhecimento.

Veja abaixo os 10 maiores benefícios do alimento à saúde:

1. Previne e trata as infecções do trato urinário
2. Pouco calórica
3. Produz saciedade
4. Previne contra inúmeras doenças, como o câncer
5. Retarda o envelhecimento celular
6. Fonte de vitaminas A, C e K
7. Fonte de polifenois como o resveratrol, que protegem o coração
8. Reduze o nível de colesterol no sangue
9. Previne a gastrite e úlcera, já que impede a fixação de certas bactérias na mucosa estomacal
10. Previne a placa bacteriana


Fonte: Bolsa de Mulher

sexta-feira, 13 de março de 2015

Aposte no açafrão para eliminar gordura e perder peso


O açafrão (ou cúrcuma) equilibra os níveis de açúcar no sangue e mantém o organismo sempre em bom funcionamento, o que ajuda na constante quebra de gordura. Os especialistas garantem que é possível eliminar 4 kg em 21 dias incluindo esse tempero no cardápio ou fazendo uso oral de uma cápsula de cúrcuma diariamente.

O açafrão diminui o ganho de peso no momento em que chega ao intestino. Numa dieta normal, milhões de toxinas passam pela corrente sanguínea e contribuem para a formação de células adiposas. Quando elas inflamam, a pessoa engorda, e o açafrão ataca justamente esse processo. Estudos explicam que o tempero diminui a produção de gordura e ainda age como um anti- inflamatório natural. Tudo graças à curcumina, substância que dá o pigmento amarelo ao alimento. Ela faz uma varredura, eliminando as toxinas e acabando com as inflamações, que podem estar em forma de gordura localizada e celulite. 

Essa faxina começa quando o açafrão encontra as células adiposas do nosso corpo e emite uma ação que quebra a gordura. O sistema imunológico também aumenta o poder de limpeza das células. Os cientistas descobriram ainda que o tempero paralisa a produção de moléculas que colaboram com a formação do tecido gorduroso. E não é tudo: o açafrão também é termogênico, ou seja, aumenta a temperatura corporal, o que ajuda a acelerar ainda mais o metabolismo.

Quando o processo emagrecedor evolui, a cúrcuma trabalha para curar o corpo, impedindo que os quilos perdidos retornem. Em outra pesquisa, descobriu-se que o açafrão é capaz de reparar os tecidos do fígado que foram danificados por toxinas. Esse órgão sadio diminui a quantidade de lixo circulando e isso reduz a necessidade do corpo de produzir gordura. 

O tempero também melhora a habilidade do corpo em equilibrar o açúcar no sangue. Numa amostra clínica conduzida na Ásia, pessoas pré-diabéticas foram submetidas a uma dieta com açafrão por seis meses. Nove meses depois, nenhuma delas havia desenvolvido a doença, enquanto 19% das que estavam no grupo de controle e que não comeram açafrão ficaram diabéticas.  

Você precisa apenas de 1 colher (sopa) de açafrão por dia para desencadear os poderes de redução de peso e eliminar a gordura localizada. A dica é utilizá-lo em peixes, frango, arroz integral, risotos, sopas e até em molho para salada. No começo da dieta, pode ser usado todos os dias e, após um mês, três vezes por semana, para manter o peso. Só um cuidado: se você está grávida ou amamentando, não deve investir na cúrcuma sem a orientação de um médico. O mesmo vale para pessoas com cálculos biliares ou úlceras estomacais.


Fonte: M de Mulher

quarta-feira, 11 de março de 2015

Saiba tudo sobre o óleo de coco


Muitas dúvidas sobre o óleo de coco surgiram na minha página do Facebook. Esse post vai esclarecer os aspectos desse produto. O óleo de coco ajuda emagrecer, diminuir a circunferência, os triglicérides e o colesterol ruim (LDL), e também aumentar o bom colesterol (HDL) por sua característica antiinflamatória.

O óleo de coco age diminuindo o apetite, fazendo com que a pessoa tenha menos fome e tenha um gasto energético maior, favorecendo a perda de peso. O ideal é tomar meia colher de sopa por dia, aumentando a dose gradualmente até, no máximo, 4 colheres de sopa diárias.

O óleo de coco virgem pode ser consumido puro (tem sabor agradável), ou em substituição aos óleos de soja e canola, pois não altera o sabor dos alimentos. Pode ser incorporado em bolos e usado para temperar a salada. Mas lembrem-se sempre de que o óleo de coco saudável é o virgem! O óleo de coco refinado não mantém suas propriedades benéficas e as cápsulas de óleo de coco ainda não tiveram a sua eficácia comprovada.

De todos os tipos de óleo vegetal o de coco tem a maior concentração de ácido láurico, um ácido graxo presente também no leite materno. Ele também melhora a absorção dos nutrientes pelo organismo, age na prevenção e combate a fungos e parasitas, regula a função intestinal, combate a fadiga crônica e a fibromialgia, e ajuda no controle da diabetes.

segunda-feira, 9 de março de 2015

Substitua o sal por temperos saudáveis


O sal é um dos vilões mais temidos da atualidade, mas também é o menos combatido. Isso porque desde sempre nós nos acostumamos a comer tudo com uma bela pitada de sal. E se fosse só essa pitada, tudo bem! Mas, o que torna o sal um grande vilão é que ele é a principal fonte de sódio que consumimos, podendo causar aumento da pressão arterial levando a problemas mais sérios de saúde, como a hipertensão e sobrecarregar os rins. Porém, manter o sal longe do prato ou pelo menos diminuir as quantidades dele nas receitas pode ser mais fácil do que você imagina. A substituição do mineral por outros temperos naturais dá novo gostinho às preparações e ainda por cima promove uma onda de boa saúde. Os temperos naturais ou condimentos melhoram o sabor, aroma e aparência dos alimentos preparados. Confira alguns:

Alho e Cebola
Os acompanhamentos básicos de quase todos os nossos pratos fazem muito bem a nossa saúde. O alho, por exemplo, contribui para a diminuição da pressão sanguínea e dos níveis de colesterol. Já a cebola inibe a ação de algumas bactérias e fungos prejudiciais ao nosso organismo e diminui os riscos de trombose e aterosclerose. A duplinha também ajuda na prevenção de alguns tipos de câncer, como o de pulmão, estômago, próstata e fígado.

Sálvia
Esta erva é usada como condimento e como planta medicinal por sua ação anti-inflamatória e por ser estimulante da digestão. A sálvia é indicada nos casos de falta de apetite, edema, afecções da boca, afta, tosse e bronquite. Fica ótima com massas e aves. A sálvia pode ser usada tanto em pó como as folhas inteiras.

Manjericão
A erva já é amiga da cozinha há muito tempo. Você provavelmente já a usou diversas vezes e seu gostinho inconfundível é o toque que falta em molhos vermelhos, tortas, saladas ou no clássico molho pesto. O manjericão, além de muito gostoso, é amigo do sistema cardiovascular e acalma os espasmos da digestão. Quando utilizado em grandes quantidades, é um ótimo fortificante e antigripal.

Alecrim
A planta confere um gostinho leve e especial quando usada na preparação de carnes vermelhas ou peixes. No arroz e em sopas é uma boa pedida também, perfumando o prato e a cozinha. O alecrim faz bem porque combate o vírus da gripe e previne doenças dos rins, da retina e da catarata.

Salsinha
A salsinha também já é famosa conhecida de quem cozinha. Seja ela desidratada ou em folhas frescas, confere aos pratos um sabor leve e agradável, além é claro, de também ser uma aliada do nosso organismo, pois, como ensina a nutricionista, a salsa combate doenças do coração e dos rins.

Pimenta
Não é só na Bahia que este condimento é popular. Há quem ame e quem não viva sem. Mas, o importante é saber que a pimenta é muito mais do que um sabor afrodisíaco. O sabor ardido é por causa da capsaicina, substância antioxidante de ação curativa. Além de prevenir alguns tipos de câncer e de reduzir o colesterol ruim (LDL) do sangue, a pimenta também acelera o metabolismo e, por isso, auxilia no emagrecimento.

Coentro
Tantos as folhas como as sementes do coentro são ricas em ferro e vitamina C, alivia indigestão e tem poder calmante.

Estragão
Apesar de não ser muito conhecido, pode ser facilmente encontrado nas lojas de temperos ou até em supermercados. Suas folhinhas são parecidas com erva-doce. Experimentar estragão vai garantir um sabor novo, levemente adocicado, à comida, além de aliviar a cólica menstrual e auxiliar na digestão.

Hortelã e menta
Estas duas plantinhas são na verdade parte de um mesmo gênero, a Mentha. Os sabores são muito parecidos e, por isso, ambos caem muito bem como complemento de peixes, carnes e molhos. Além de refrescantes, a nutricionista Maíra Malta nos ensina que essas plantinhas são ótimas para a digestão e proporcionam alívio para crises de bronquite, cólica estomacal e intestinal, dores, gripes e tosses. Com o tempo seco, o temperinho cai muito bem.

Orégano
Não é só na pizza que o orégano é bem-vindo. Muitas pessoas evitam o tempero por considerá-lo forte demais, por isso, o segredo é colocar apenas uma pitadinha, combinada outros ingredientes. As folhas de orégano fresco dão ainda mais aroma ao prato.

Tomilho
Esta erva é muito versátil porque pode ser usada em praticamente tudo na cozinha. Sem contar que é bom para aliviar distúrbios intestinais e prevenir inflamações. Além de muito saborosa, a plantinha é também muito bonita com suas folhas verdes em formato de coração e pequenas florzinhas. Por isso, além de usá-la como tempero, vale também investir na decoração do prato.

Açafrão
Está faltando uma corzinha no seu prato? Invista no açafrão. Além de proporcionar um sabor agradável, deixa o prato mais colorido, com tom amarelado. Muito usado na culinária Mediterrânea, o condimento tem propriedades antioxidantes e anti-inflamatória que melhoram a digestão.

Gengibre
Bom e velho conhecido dos japoneses, o gengibre com seu sabor picante e adocicado, pode ser usado tanto em doces como salgados, além de ser bom acompanhamento para sucos e sopas. O gengibre tem propriedades que combatem a dor de cabeça, o enjoo e as náuseas. Por ser também um alimento termogênico, o gengibre aumenta a temperatura do corpo, obrigando o organismo a gastar mais energia.


Fonte: Minha Vida

sexta-feira, 6 de março de 2015

Os poderes do tomate


Certos vegetais nunca podem faltar na salada. Um deles é o tomate, uma fruta da família das Solanácias, que de longe são a fonte mais rica em licopeno, um poderoso antioxidante que combate os radicais livres, retarda o envelhecimento precoce e protege contra o câncer.

O licopeno é um carotenóide responsável por dar a cor vermelha ao tomate, e também pode ser encontrado na melancia, goiaba, morango e mamão (mas em menor quantidade). Para ser absorvido corretamente, devemos consumir também uma dose de gordura monoinsaturada (a “gordura boa”). A melhor forma é utilizando um fio de azeite de oliva extravirgem para temperar.

Outro fato que melhora a absorção do licopeno é o cozimento, portanto, molhos, sopas e cremes de tomate são bem vindos. Não são recomendadas as versões industrializadas, assim como o catchup, molhos prontos temperados, etc, pois estes possuem grande quantidade de aditivos químicos e sódio.

Os tomates também são fonte de vitamina C e potássio, um mineral importante para o controle da pressão arterial e contrações musculares, e na manutenção dos líquidos celulares.

quarta-feira, 4 de março de 2015

Pele e cabelo lindos com os alimentos certos


Você já sabe que com a alimentação certa é possível queimar gordura, acelerar o metabolismo, acabar com a celulite, fazer crescer unhas e cabelo, entre outros benefícios. A dica de hoje vai ajudar você a conquistar cabelos e pele de dar inveja. Confira a lista com cinco alimentos fáceis de serem incorporados a sua dieta diária e ótimos para manter a saúde da pele e cabelos:

Amêndoas
As amêndoas são ricas em flavonoides e vitamina E, um nutriente essencial para a saúde da pele. De acordo com um estudo do Centro Chinês para Controle e Prevenção de Doenças, essas substâncias podem ajudar a afastar os radicais livres (grupo de átomos que apresentam poder oxidante) e até mesmo reparar os danos causados pelo fumo. Como consumir: coma pequenas quantidades entre as refeições.

Semente de chia
As sementes de chia contêm proteína e Ômega 3, ambos anti-inflamatórios. São ótimas também para quem está de dieta já que absorvem até 10 vezes de seu peso em água, prolongando a sensação de saciedade. Como consumir: você pode colocá-las em um suco, iogurte e até salpicá-las por cima de saladas e outros pratos.

Espinafre
O espinafre é um ótimo antioxidante, pois contém vitamina C, E e betacaroteno, que protegem sua pele contra os efeitos envelhecedores dos raios ultravioleta. Como consumir: uma porção de aproximadamente uma xícara por dia.

Pimentão
Os pimentões são recheados de vitamina C, que estimula a produção do colágeno, necessário para a saúde da pele e cabelos. Até uma pequena deficiência de vitamina C pode ser a causa de cabelos quebradiços. Como consumir: fatie o pimentão e coma de aperitivo ou com a salada.

Lentilhas
As lentilhas são ótimas fontes de proteína e ferro, o que contribui com o crescimento dos cabelos. Como consumir: combine uma xícara de lentilhas cozidas com cebolas caramelizadas e um pouco de vinagre balsâmico ou faça uma sopa de lentilha com legumes.


Fonte: Vogue

segunda-feira, 2 de março de 2015

Dicas para fazer compras mais saudáveis


Se você quer começar a se alimentar melhor, deve começar pelas compras de mantimentos para a casa. Dessa forma, você está cooperando para que sua família inteira viva de uma forma mais saudável e feliz e que, de quebra, você não caia em tentações. Confira a seguir 5 dicas para fazer compras mais saudáveis para a sua casa:

1. Na hora de fazer as compras prefira feiras livres: em geral as opções vieram diretamente da plantação para a sua mesa.
2. Preste mais atenção nas etiquetas das embalagens. Se na lista de ingredientes você encontrar nomes complexos, procure outra opção.
3. Coloque no carrinho frutas e legumes orgânicos, cultivados sem agrotóxicos. Entre os vegetais com mais produtos químicos estão o tomate e o morango. Consuma-os com moderação.
4. Fique atento aos valores de sódio, gordura e calorias especificados nas embalagens, porque eles não fazem referência ao produto inteiro, mas apenas a uma porção.
5. Nem todo alimento que é integral ou light é saudável. Prefira comprar os ingredientes naturais e prepare em casa.


Fonte: Viva Saúde