A Medicina Ortomolecular feita da maneira certa!

segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Sucos para desinchar e afinar a cintura


Se você está se sentindo inchada após a comilança das festas, pode apostar nos sucos desintoxicantes e anti-inflamatórios, que ajudam a eliminar o excesso de líquidos. Confira abaixo três receitas de sucos que ajudam a desinchar a região do abdômen e acelerar os resultados do treino. Eles são feitos com ingredientes desintoxicantes e que estimulam o trabalho do intestino. O ideal é que você tome pelo menos três copos por dia. Veja:

Suco de maçã e abacaxi 
Bata 1/2 maçã com casca, 1 fatia de abacaxi, 1 rodela de gengibre e 200 ml de água.  
Rende: 1 copo
Calorias: 130

Suco de uva com água de coco 
Bata 1 copo de água de coco, 12 uvas sem semente, 1/2 limão espremido e gelo.  
Rende: 1 copo
Calorias: 100 

Suco de laranja e ameixa 
Bata o suco de 2 laranjas-pera, 1 laranja-lima, 3 ameixas secas sem caroço e 100 ml de água.  
Rende: 1 copo
Calorias: 210


Fonte: Boa Forma

sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

Evite as bebidas mais calóricas durante a dieta



Muitas pessoas, ao entrarem em uma dieta, se controlam bastante no que põem no prato, mas relaxam na bebida. E quando falo bebida, não me refiro apenas à alcoólica. Um dos verdadeiros motivos que o afastam da boa forma pode estar no seu copo! Para ter as medidas dos sonhos e entrar na linha de vez, é preciso redobrar a atenção com o que bebe.

Algumas bebidas têm tantas calorias quanto àquelas guloseimas que você tanto evita. Uma pesquisa da Universidade de Purdue, em Indiana (EUA), revela que existe uma maior facilidade de associar o valor calórico de um alimento quando ele tem forma sólida. E mais: quando mastigamos algo, nos sentimos mentalmente mais satisfeitos do que quando bebemos um suco, por exemplo. Em resumo, o que pode estar arruinando sua dieta são as bebidas que acompanham suas refeições.

Saiba quando é melhor comer ou beber para não ter surpresas na hora de encarar a balança.

1 taça de vinho (107 cal) x 1 brigadeiro de 30g (100 cal)
1 lata de cerveja (151 cal) x 1 bolinho de bacalhau (141 cal)
1 copo de chá gelado 400ml (140 cal) x 2 picolés de fruta no palito (140 cal)
1 copo de caipirinha de 200ml (310 cal) x 1 cachorro-quente com batata palha, 
purê de batata e queijo cheddar (304)
1 copo de suco de açaí de 200ml (460 cal) x 1 fata de pizza de mussarela com bacon (463 cal)



Fonte: Revista Women's Health

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Benefícios do grão de bico para a dieta


Seguir uma dieta com grão de bico virou tendência entre quem eliminou o glúten e a lactose da alimentação, seja por intolerância ou simplesmente para perder peso. Isso porque o grão é livre das duas substâncias, além de possuir baixo valor calórico e alto teor de fibras, o que ajuda a emagrecer de forma mais eficiente.

Essa leguminosa de poucas calorias ainda tem boa quantidade de cálcio e ferro em sua composição, além de ser fonte de carboidrato de baixo índice glicêmico. Outra qualidade excelente do grão de bico é que ele é fonte de triptofano, um aminoácido que estimula a produção de serotonina, aquela famosa substância que gera bem-estar.

O indicado para quem está de dieta é comê-lo durante as principais refeições, como substituto de alguma outra leguminosa, como feijão, ervilha ou lentilha. É possível ainda preparar uma salada ou apostar em alguma receita que leve o ingrediente.

O consumo dos melhores nutrientes desse alimento depende de saber como preparar o grão de bico. Ele precisa ficar de molho em água fria de um dia para o outro. O ideal é que se substitua essa água gelada ao menos uma vez durante esse período. Antes de cozinhar, lave bastante em água corrente. Depois, cozinhe em panela de pressão com água que cubra até dois dedos dos grãos e um pouco de sal, por pelo menos 10 minutos (contados a partir do momento em que a panela pegar pressão). Quando estiver pronto, você consegue eliminar as cascas dos grãos apenas pressionando com a ponta dos dedos.

Uma dica de preparo é apostar uma pasta de grão de bico, receita semelhante ao que leva o nome de húmus na culinária árabe. Para fazer, você precisa bater no liquidificador duas xícaras do grão cozido e sem casca com cerca de uma concha da água do cozimento. Junte metade de uma cebola, um dente de alho e outros temperos a gosto e continue batendo. Acrescente aos poucos o suco de um limão, 1/4 de xícara azeite e um pouco de sal. Está pronto!


Fonte: Bolsa de Mulher

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Gelatina: sobremesa gostosa e que faz bem!


Se consumida regularmente, a gelatina auxilia na redução dos níveis de colesterol no sangue, de triglicérides e no controle da glicemia. Por ser rica em proteína, a gelatina fortalece os ossos e previne o organismo de doenças como a osteoporose. Ela promove também uma maior resistência física aos desportistas. E mais: colabora para a manutenção da juventude, deixando cabelo, unhas e pele mais bonitos. 

Por que ela faz bem?

Por ser a principal fonte de colágeno, substância que tem como função impedir a deformação dos tecidos que fazem parte da estrutura de ossos, pele, cartilagens e tendões, a gelatina tem um papel importante na prevenção e no tratamento de doenças, como artrose e osteoporose. Também é bastante utilizada na recuperação de pessoas submetidas a procedimentos cirúrgicos, pois é um excelente agente cicatrizante. O ideal é ingerir dois potes por dia ou bater no liquidificador uma colher de sopa de gelatina em pó com um pote de iogurte. Está de dieta? Então prefira a versão diet, sem açúcar. Pronto, sua manutenção de colágeno está garantida!


Fonte: UMA

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Vitamina A: Boa para a pele, para emagrecer e até para prevenir a TPM


Menos badalada que a vitamina C, a vitamina A merece tanta atenção quanto ao ativo famoso nas frutas como laranja, limão e acerola. Seu consumo oferece muitos benefícios, entre eles, saúde aos olhos, ao sistema imunológico, à pele, mucosas, além de ser fundamental para garantir a capacidade funcional dos órgãos reprodutivos e ajudar a prevenir a temível TPM.

Além disso, a vitamina A recebeu mais uma indicação, que será um alívio para quem deseja se se livrar dos pneuzinhos. Estudos realizados pela UFRJ, este nutriente também ajuda a combater as gordurinhas localizadas, principalmente na região do abdome. Descobriu-se que a vitamina A estimula a produção de leptina, o hormônio responsável pela saciedade, dificultando a multiplicação das células de gordura no corpo.

Ótimas notícias, não? Então, está na hora de incorporar os alimentos ricos em vitamina A na sua dieta. Para isso, faça refeições com abóbora cozida, cenoura, couve, manga, agrião, folhas de beterraba, folhas de cenoura, rúcula, abacate, caqui, suco de laranja com cenoura, polpa de acerola. O óleo de fígado de bacalhau também é uma excelente fonte do nutriente e, por isso, serve para suplemento quando necessário.

Atente-se a falta de vitamina A no organismo. Os sintomas podem se manifestar com lesões na pele, cegueira noturna e dificuldade grave de visão, cálculos renais, defeito do desenvolvimento e modelação dos ossos. Mas calma, cada um desses problemas é geralmente reversível, através da administração de doses elevadas da vitamina (retinil palmiato) diretamente no músculo e por via oral.

Fonte: Tua Saúde

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014


O consumo regular de peixes deve fazer parte de uma dieta equilibrada. Esse alimento oferece ao organismo maior qualidade nutricional, melhora o nível da saúde e contribui com a prevenção de doenças cardiovasculares. Duas porções na semana (de aproximadamente 100g) já são o suficiente para colher os benefícios na promoção da saúde. Confira a seguir alguns motivos para incluir o peixe na sua dieta.

1. A iguaria é uma grande aliada no combate aos quilinhos indesejáveis. Afinal de contas, a maioria deles, como, por exemplo, a sardinha e a pescada, possui baixo teor de gordura saturada, comparando-se às carnes bovinas e suínas.

2. O consumo do alimento – a recomendação é de duas vezes por semana – garante a ingestão do ômega-3, uma “gordura do bem” que reduz sensivelmente as taxas de colesterol e triglicérides no sangue, prevenindo as doenças do coração e também o acidente vascular cerebral.

3. Eles concentram quantidades consideráveis de proteínas, minerais e vitaminas, como A, E e D – esta última confere ossos fortes e é indicada para mulheres grávidas.


Fonte: Dieta Já

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Emagreça comendo farelo de arroz


O arroz branco só fica soltinho e macio depois de um processo de beneficiamento, no qual todas as fibras do alimento são retiradas. O farelo do arroz, por sua vez, é mais escuro justamente porque conserva suas fibras e nutrientes, que fazem dele um superalimento funcional. Ele é um dos subprodutos do polimento do arroz e costuma ser descartado. Mas agora os benefícios conhecidos desse produto vão leva-lo direto para sua mesa. Veja a seguir seis bons motivos para incluir farelo de arroz na dieta.

Ajuda a emagrecer 
As fibras são grandes aliadas de quem faz dieta e quer emagrecer. Além de manterem o intestino saudável para absorver nutrientes e eliminar toxinas, elas dão saciedade e diminuem o índice glicêmico dos alimentos a que o farelo é adicionado.

Combate a prisão de ventre
Por ser rico em fibras, o farelo de arroz é um aliado de peso na regulação do intestino.

Ajuda na saúde da microbiota intestinal
A fibra estimula a reprodução das bactérias boas que vivem no organismo. Isso ajuda a manter o intestino livre de inflamações.

Regula o colesterol
Por ser rico em fibras, fitoesterois e gama orizanol, um potente antioxidante, o farelo de arroz atua na formação do colesterol bom e na redução do colesterol ruim.

Previne a formação de cálculo renal
Estudos recentes mostram que, em função das altas quantidades de fitina, o consumo regular de farelo de arroz pode prevenir a formação de cálculos renais. O mesmo componente faz uma limpeza da placa bacteriana dos dentes.

Previne o câncer
Pesquisas apontam que alguns polissacarídeos presentes no farelo de arroz são capazes de gerar uma resposta celular que previne o aparecimento do câncer. 


Fonte: Bolsa de Mulher