A Medicina Ortomolecular feita da maneira certa!

sexta-feira, 7 de novembro de 2014

Diminua os alimentos industrializados da alimentação das crianças em três passos


Quando o assunto é alimentação saudável, não devemos nos preocupar somente com o que comemos. As crianças também acabam adquirindo transtornos alimentares, como a obesidade, por causa dos maus hábitos alimentares. De acordo com a Organização Mundial de Saúde, obesidade pode alcançar 75 milhões de crianças nos próximos 10 anos.

A garotada desde cedo apresenta patologias como diabetes do tipo 2, doenças cardiovasculares, e as psicológicas, como depressão e transtornos de ansiedade. Mas essa situação pode ser revertida com mudanças nos hábitos alimentares dos pais. 

A alimentação errada para a criança é a mesma errada para a família toda. Por isso, é importante que os pais se alimentem de maneira correta, para dar o exemplo aos filhos. Isso vale em qualquer idade. Confira algumas modificações na mesa que podem ser boas para os pequenos que adoram comidas industrializadas:
  • Trocar refrigerantes por sucos naturais: Além de não ter valor nutricional, a bebida contém sódio e açúcares em excesso. O consumo de sucos naturais, com pouco ou sem açúcar, é uma forma de garantir que as crianças recebam os nutrientes das frutas e se acostumem com seu sabor.
  • Trocar bolachas recheadas por frutas: Os biscoitos são práticos, mas também são ricos em gorduras, açúcares e sódio e não contêm quantidade acentuada de vitaminas e minerais, portanto, sem valor nutricional. Frutas como as uvas são fáceis de comer e contêm vitamina C, vitaminas do complexo B e sais minerais como ferro, cálcio e potássio.
  • Trocar os salgadinhos por frutas cortadas: Tirar os salgadinhos industrializados da dieta das crianças é também outra oportunidade para inserir as frutas no dia a dia. Além de nutritivas, melão, melancia, banana e maçã cortadas em pequenos pedaços podem ser divertidas.



Fonte: Saúde Plena

Nenhum comentário:

Postar um comentário