A Medicina Ortomolecular feita da maneira certa!

segunda-feira, 28 de abril de 2014

Transforme sua salada em uma refeição completa



Muitos pacientes meus reclamam que não comem salada porque ela não “enche” o estômago, fazendo com que a fome persista ou volte após pouco tempo. Realmente, comer só alface durante o almoço ou jantar não sustenta o organismo. Mas a salada é a opção perfeita para ajudar a perder peso e melhorar a saúde. No entanto, ela deve vir acompanhada de outros ingredientes para se transformar em uma refeição completa e nutritiva.

Refeição completa é aquela que contém alimentos de todos os grupos alimentares: proteínas, carboidratos, vitaminas, minerais, fibras e gordura (boa). Experimente juntar no prato rúcula, alface, cenoura ralada, batata em cubinhos, frango desfiado e ervilha, temperada com azeite de oliva extra virgem.

As vitaminas, minerais e fibras estão presentes no alface, rúcula, cenoura e ervilha. O carboidrato fica por conta da batata e a fonte de proteína é o frango. A gordura é o azeite de oliva. Assim você consome uma refeição completa.

Para não enjoar da mesma salada, mude as cores dos vegetais e a proteína de acompanhamento (troque o frango pelo peixe, por exemplo). Outros acompanhamentos bons para substituir o frango são o peito de peru, ovo cozido ou queijo branco.

Evite os molhos prontos ou a base de maionese e creme de leite, que podem fazer as calorias da salada dispararem. Evite também o sal. Os temperos naturais, como orégano e salsinha, são bem vindos. O essencial é que ela tenha pelo menos três cores diferentes e sempre mantenha o grupo alimentar citado acima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário