A Medicina Ortomolecular feita da maneira certa!

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Acerte na salada e capriche na sua dieta


Fica em uma dieta à base de saladas não é fácil (e nem é saudável viver só delas). As dúvidas também surgem quando às combinações, molhos, acompanhamentos... por isso, hoje eu separei 5 das principais dúvidas para você se inspirar a fazer a sua salada e chegar ao peso ideal. Confira:

1. As folhas verdes estão totalmente liberadas na dieta de emagrecimento?
Sim, você pode consumi-las à vontade, pois têm pouquíssimas calorias. Além disso, elas são ricas em vitaminas e minerais (como o cálcio, importante para a saúde dos ossos). Também elas possuem muitas fibras, que ajudam a reduzir o colesterol ruim, mantêm a glicemia do sangue estável e auxiliam no funcionamento do intestino. Só um detalhe: é importante beber bastante água para que as fibras atuem de forma equilibrada.

2. Quais são as melhores opções de preparo de saladas nos dias mais frios?
O ideal é cozinhar as hortaliças no vapor (como brócolis e couve-flor), assá-las (boas opções são berinjela e abobrinha) ou grelhá-las (experimente fatias de tomate). Evite as frituras, que são verdadeiras bombas calóricas e gordurosas.

3. Quais são os acompanhamentos calóricos que devem ser evitados?
Fique longe do pão com manteiga e de croutons. Esses carboidratos costumam ter muitas calorias.

4. Quais são os molhos perigosos para a dieta?
Os gordurosos podem colocar tudo a perder, pois aumentam muito as calorias da salada. Evite o rosé, o tipo ceasar e os de queijo e creme de leite.

5. É aconselhável usar produtos light e diet nas saladas?
Prefira os molhos caseiros. Há produtos light que têm a gordura de sua composição reduzida, mas  são enriquecidos com amido (calórico) para manter sua textura e, por isso, sabotam a dieta. No caso dos diet, eles podem conter gorduras. Fique de olho nos rótulos das embalagens.


Fonte: M de Mulher

Nenhum comentário:

Postar um comentário