A Medicina Ortomolecular feita da maneira certa!

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Aposte no abacaxi para melhorar a digestão


Para quem andou exagerando em algumas refeições, pode apostar no abacaxi, pois a fruta oferece um benefício interessante: ela auxilia na digestão. Além de afastar a sensação de desconforto após um almoço ou jantar pesado, o alimento ainda possui outras vantagens nutricionais. Ele é um antioxidante rico em vitaminas e tem um composto chamado bromelina, que tem o poder de auxiliar na digestão das proteínas. Por isso é que se fala que o abacaxi é um potente ajudante na digestão.

As fibras e a água presentes no abacaxi também são aliados da boa digestão e do bom funcionamento do intestino. Além disso, uma fatia de 100 g de abacaxi tem só 52 calorias. E ela fornece sais minerais e vitaminas A, C e B1.

Até a casca pode ser usada para fazer sucos, doces e chás, que purificam o sangue e combatem processos inflamatórios. Veja a seguir como fazer um suco delicioso com a casca do abacaxi:

Pegue um abacaxi inteiro e lave bem a casca com uma escova macia. Descasque, deixando um pouco da polpa da fruta na casca. Corte a casca em pedaços e coloque-os numa tigela de vidro. Cubra com 1 litro de água filtrada. Tampe e deixe na geladeira por dois dias. Passe por uma peneira e beba. Esse suco fica bem suave, porque só o caldo da fruta é aproveitado.


Fontes: Toda Ela e Anamaria

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Suco diurético para eliminar o inchaço


Você tem problema de inchaço no corpo? Algumas pessoas chegam a ganhar dois quilos só por causa da retenção de líquidos. Cuidar da alimentação ajuda. Beba dois litros de água por dia, isso estimula a produção de urina.

O chá de hortelã também é ótimo. Reduza a quantidade de sal, pois o sódio ajuda a reter líquido e evite alimentos industrializados e processados.

Agora anote uma receita de suco diurético! Ele leva:

* couve que combate o envelhecimento,
* maçã que é diurética e tem fibras,
* hortelã que possui vitaminas e minerais, como cálcio, fósforo, ferro e potássio,
* limão que estimula a circulação do sangue
* pepino que hidrata e elimina as toxinas.

Bata no liquidificador ou passe na centrífuga uma folha de couve, meio limão com casca, meio pepino japonês com casca, uma maçã com casca sem sementes, um punhado de folhas de hortelã e um copo de água. Beba na hora, sem coar.

Fonte: Universo Jatobá


sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Alimentos bons para a memória


Em uma alimentação balanceada e saudável há substâncias que podem ajudar a fortalecer a memória. Alimentos ricos e ômega 3 e vitamina D, como salmão, sardinha, anchova, atum, entre outros, podem proteger os neurônios contra os radicais livres, além de auxiliar em sua renovação.

Com o aumento do número de idosos, ou seja, o aumento da estimativa de vida, o número de doenças relacionadas à demência, inclusive o Alzheimer, aumentam. Por isso, com uma alimentação saudável e outros cuidados é possível retardar essa degeneração. Alimentos ricos em selênio, presentes nas oleaginosas (castanhas, nozes e amêndoas), são recomendados. Outra sugestão são as frutas vermelhas, as berries, que são antioxidantes.

Uma dieta rica em fósforo também ajuda no bom funcionamento do cérebro, uma vez que é um elemento encontrado na formação das células cerebrais. Um nível de consumo adequado desse elemento ajuda a manter as funções cerebrais. Entre os alimentos que contem fósforo posso citar leite e seus derivados, e legumes. Já a gema do ovo é rica em colina, um nutriente essencial que faz parte das vitaminas do complexo. Ele atua na comunicação dos neurônios. Entre outras fontes de colina podemos citar o fígado de galinha, vitela, mostarda e cereais integrais.

Os peixes também são essenciais para um bom funcionamento do cérebro. Eles melhoram a memória, a concentração e possuem ação anti-inflamatória. Protegem os neurônios contra os radicais livres e preservam as membranas dos neurônios, colaborando para a troca de informações entre eles. Os peixes são fontes de zinco e selênio que estimulam a atividade cerebral, impedindo, até, ondas de cansaço ao final do dia. Entre os mais ricos em zinco e selênio estão o salmão, sardinha, anchova, atum, arenque e cavala.

Já os alimentos vilões para a memória são os mais pesados e ricos em gorduras. Açúcares e alimentos com alto índice glicêmico (massas, batata...) elevam a produção de insulina e desencadeiam outras reações químicas que agridem as células cerebrais. Atenção ao consumo exagerado de carne, principalmente no churrasco, ou frita. Outro vilão é o álcool.





segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Lanchar entre as refeições emagrece: saiba o que comer


É comum deixar para saciar a fome apenas na hora do almoço e jantar, sem que sejam feitos pequenos lanches nos intervalos das refeições. Mas esse hábito é ruim especialmente para quem quer emagrecer, pois pode levar ao exagero na quantidade de comida (na hora do almoço e jantar), além de causar um jejum prolongado, que prejudica a alimentação saudável e a dieta.

Não ter uma frequência alimentar causa alterações no metabolismo e pode levar a uma diminuição no gasto energético. Para uma alimentação equilibrada, faça pelo menos três refeições diárias (café da manhã, almoço e jantar), sem pular nenhuma delas, e sempre intercalando com pequenos lanches.

O fracionamento das refeições é importante porque o organismo demanda muita energia constantemente. E a prática de comer nos intervalos entre as refeições, a cada três horas no máximo, auxilia no controle do peso.

É claro que não vale abusar das guloseimas nem dos doces na hora dos lanches. O ideal é optar por petiscos saudáveis, receitas de sanduíches que não engordam, ou barras de proteínas, que ajudam a saciar a fome e aceleram o metabolismo, ajudando a queimar mais gordura.


Fonte: Bolsa de Mulher

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Shakes para ajudar a emagrecer


Enxugar os quilinhos extras está no topo dos desejos femininos, mas a falta de tempo acaba tornando a isso difícil, ou mesmo fazendo com que muitas mulheres procurem alternativas nada saudáveis para alcançar esse objetivo. Por isso, hoje você confere a receita de três shakes para fazer em casa (nada de comprar shakes prontos!) e ficar em forma de um jeito mais saudável:

Shake diurético

Ingredientes:
2 folhas de couve;
Lascas de gengibre;
Meio limão espremido;
1 maçã picada;
Chá verde como base para o preparo.

Modo de preparo: bater tudo com gelo.  

Shake para dar saciedade

Ingredientes:
1 copo de leite desnatado;
1 sachê de Protein Health
1 porção de gelatina de morango diet;
1 colher (sopa) de chia;
6 morangos ou uma fruta da sua preferência.

Modo de preparo: bater tudo com bastante gelo.

Shake laxativo para o bom funcionamento do intestino

Ingredientes:
1 copo de iogurte natural desnatado;
½ mamão papaia;
1 colher (sopa) de aveia;
2 ameixas pretas picadas;
1 colher de quinoa em flocos.

Modo de preparo: bata tudo com muito gelo. 


Fonte: Daqui Dali

segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Aposte no chá de hibisco para acabar com o inchaço


A solução para suavizar problemas como sinais de envelhecimento, inchaço e inflamações pode não estar apenas na indústria de remédios e cosméticos. Há soluções mais naturais e que cabem no bolso que podem trazer tantos benefícios quanto certas pílulas, como o chá de hibisco. A bebida possui diversas propriedades benéficas, como ação antioxidante, anti-inflamatória, digestiva e diurética.

Ela também contribui para o processo de emagrecimento porque ajuda o organismo a eliminar toxinas, que são as substâncias que dificultam a eliminação dos quilos extras e ainda retêm líquidos, causando o inchaço. Além disso, o chá de hibisco é rico em flavonoide, um poderoso agente antioxidante que combate os radicais livres, protege o coração de doenças e a pele do envelhecimento.

É possível aproveitar os benefícios da bebida de duas maneiras: comprando o hibisco em casas de produtos naturais e submetê-lo à infusão em água quente ou investir em opções mais práticas como aquelas em pó, que podem ser misturadas à água em qualquer lugar. Se você prefere a versão tradicional do hibisco, vale conferir os espaços especializados em produtos naturais da sua cidade.


Fonte: Toda Ela