A Medicina Ortomolecular feita da maneira certa!

sexta-feira, 4 de junho de 2010

Bioimpedância, sabe o que é?

Antes de começar qualquer tratamento na medicina ortomolecular, precisamos avaliar o metabolismo do paciente. Por isso utilizo aparelho da bioimpedância é um ótimo ponto de partida, pois assim podemos calcular a taxa de metabolismo basal (TMB) do indivíduo, além do percentual de gordura e de massa muscular. Com isso se pode fazer um acompanhamento e uma orientação dietética mais individualizada e apropriada à necessidade de cada pessoa. Segue abaixo um modelo do resultado do exame e o que cada item significa.


1) Composição Corporal: O aparelho analisa todo o corpo e quantifica seus diferentes componentes. Comparando seus valores com faixas normais fornecidas, avalia-se a composição corporal atual.

2) Diagnóstico de Obesidade: IMC é usado para investigar uma possível obesidade e o percentual de gordura corporal é usado para identificar a obesidade. Com o índice de Metabolismo Basal, uma dieta adequada pode ser planejada.

3) Controle Músculo-Gordura: recomendações apropriadas da quantidade de músculo e gordura para uma composição corporal ideal.

4) Massa Magra Segmentar: a avaliação segmentada da massa magra mostra a distribuição muscular e o equilíbrio de seu desenvolvimento.

5) Gordura Segmentada: a quantidade de gordura em cada segmento é cuidadosamente estimada para o controle apropriado da gordura localizada.

6) Impedância: o aparelho mede diretamente a impedância de cada segmento corporal a 20 KHz e 100 KHz, levando a resultados altamente precisos da composição corporal Plano de Exercícios Personalizado Sugestões de atividades e o gasto energético estimado para 30 minutos de cada atividade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário